Acir Gurgacz defende mais controle sobre agrotóxicos

Agência Senado

O senador Acir Gurgacz (PDT-RO), em discurso nesta quinta-feira (22), manifestou preocupação com a escassez de controle e orientação no uso de agrotóxicos no Brasil, tema de audiência pública realiza pela manhã na Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA). O parlamentar registrou a importância dos defensivos agrícolas, que permitem produção em grande escala e são fundamentais para o modelo de agronegócio do Brasil, mas lamentou seus efeitos negativos para o equilíbrio ecológico e para a saúde humana – muitas vezes, como ressaltou, de formas ainda desconhecidas.

– A discussão sobre o uso de agrotóxicos já rompeu os limites do setor agrícola e ganhou eco em toda a sociedade. É um tema que interessa a todos os brasileiros. Vamos continuar cobrando mais controle e fiscalização por parte dos órgãos governamentais – disse o senador.

A audiência na CRA deixou Acir Gurgacz preocupado com a falta de controle eficiente e as falhas na coordenação dos órgãos responsáveis por evitar que alimentos contaminados cheguem aos consumidores. Para o senador, o governo deve levar orientação que permita ao agricultor fornecer o melhor produto, além de proporcionar educação sanitária para guiar o uso de agrotóxicos respeitando a ecologia e preservando a saúde dos trabalhadores.

– Caminhamos para sermos o maior produtor de alimentos do planeta, mas precisamos construir essa liderança sobre bases sustentáveis – afirmou, esperando que as próximas audiências da CRA possam aprofundar a discussão.

 

Acir Gurgacz defende estruturação dos órgãos que fiscalizam qualidade dos alimentos

Iara Guimarães Altafin

O crescimento da produção brasileira de alimentos requer avanços no sistema de monitoramento do uso de agrotóxicos, com melhoria da estrutura física dos órgãos responsáveis, maior número de técnicos qualificados e coordenação da geração e divulgação de informações, na opinião do senador Acir Gurgacz (PDT-RO).

– Precisamos ajudar a Anvisa, o Ministério da Agricultura, o Ministério da Saúde e o Ministério do Meio Ambiente a terem melhor estrutura para acompanhar a produção brasileira de alimentos. O Brasil caminha para ser o maior produtor de alimentos do planeta e não tem estrutura mínima para qualificar nosso produto – disse.

Acir Gurgacz manifestou-se ao final da audiência pública realizada nesta quinta-feira (22) na Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA), que discutiu problemas no controle do uso de agrotóxicos no país. Para ele, os órgãos públicos precisam atuar de forma articulada e fornecer informações adequadas aos agricultores.

– Nosso objetivo é produzir alimentos de boa qualidade. É preciso uma atuação coesa dos órgãos públicos para ajudar a população nessa questão de utilização de agrotóxicos nos alimentos consumidos pelos brasileiros e nos produtos exportados.

Na opinião do senador, é majoritária no agronegócio brasileiro a visão que a lucratividade da agricultura resulta da oferta de produtos de qualidade. Mas o senador se disse preocupado com os riscos à qualidade dos alimentos, devido a falhas de estrutura e de coordenação apontadas pelos participantes da audiência pública.

– Saio mais preocupado do que entrei nessa audiência. Vamos continuar debatendo, nos aprofundar nesse assunto – disse.

Anúncios
Esse post foi publicado em Agrotóxicos e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s