Assentamento conquista certificação no cultivo de hortaliças orgânicas

Diversificação de cultivo é estratégia para evitar pragas nas lavouras. Projeto reúne 39 famílias do assentamento em Sergipe.

Do Globo Rural

Os canteiros de hortaliças se espalham nas áreas destinadas às famílias do Assentamento 13 de Maio, em Japaratuba, região leste de Sergipe.

Nas hortas são cultivadas mais de dez variedades entre alface, couve e tomate sem o uso de agrotóxicos e o mato, que antes era queimado, serve de adubo natural.

Foram as mulheres que resolveram produzir de forma sustentável. “Foi um pouco difícil porque a gente via a praga como a lagartinha, mas a gente foi pegando as técnicas e hoje a gente vê que pode trabalhar com o natural”, explica a agricultora Gisélia Brito.

Com a força do trabalho coletivo, as mulheres venceram resistências e ganharam o apoio dos maridos, que viam com desconfiança a produção sem agrotóxicos. Hoje, os homens são parceiros na prática do cultivo orgânico.

O agricultor José Acrísio Santos agora só se dedica às hortas. “Eu plantava macaxeira, inhame, batata. Aí eu disse que vou ajudar a mulher, que lá o negócio vai dar certo”, justifica.

Os produtores receberam assistência técnica do Incra e já têm a certificação que garante a venda dos alimentos orgânicos em feiras livres.

Original em: http://g1.globo.com/economia/agronegocios/noticia/2011/10/assentamento-conquista-certificacao-no-cultivo-de-hortalicas-organicas.html

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s